terça-feira, 13 de dezembro de 2016

Reunião da Mocidade no Brás


No último mês de novembro estive na Reunião da Mocidade na igreja central da Congregação Cristã no Brasil, no bairro do Brás, em São Paulo. Eu já não frequentava uma reunião destas havia mais de 4 anos, e confesso que fiquei um tanto impressionado com o progresso que a mocidade homossexual fez dentro da CCB desde então.

Logo ao chegar notei vários irmãozinhos gays conversando na porta da igreja, meio que "paquerando" uns aos outros. Ao entrar na igreja também avistei alguns dos muitos moços gays que conheço. Aparentemente estamos alcançando cada vez mais espaço dentro da CCB. Não que nós não existíssemos antes, pelo contrário, sempre fomos muito numerosos. Pela minha experiência eu diria que há maior percentual homossexual dentro da CCB do que na média da população fora da igreja.

Durante o culto em nenhum momento o ancião abordou a temática gay, talvez porque não quisesse mexer em algum "vespeiro" e ter de ouvir protestos de alguns. Soube que anos atrás um ancião ofendeu a comunidade LGBT durante uma RM e um moço se levantou em defesa dessa minoria, causando um grande constrangimento na igreja.

Fico bastante contente em ver que cada vez os gays estão alcançando respeito dentro da Congregação Cristã, mesmo porque não é nenhum segredo para o ministério que há centenas, melhor, milhares de gays músicos, auxiliares, instrutores musicais, cooperadores de jovens, cooperadores e também anciães homoafetivos. Obviamente a grande maioria mantém sua condição em segredo.

Ao final do culto conversei com um irmãozinho de 20 anos que havia conhecido um moço de outro local e naquela reunião e estava "apaixonadinho". É, as coisas realmente estão mudando.

8 comentários:

  1. Brandon, você estava lá? Kkkkkkkk
    Eu também. Não reparei tanto quanto você, mas desconfiei de muitos.
    Entretanto, não acredito a igreja mesmo esteja aceitando a homossexualidade. Pelo contrário, continua exortando contra, baseada em diversos trechos bíblicos.
    Agora, que os membros gays estão mais visíveis, ah, isso certamente estão.

    ResponderExcluir
  2. Olá irmão anônimo. Sim estava lá. Pois acredito que alguns anciãos estão ficando mais tolerantes à presença homossexual na igreja, não necessariamente que estão aceitando.

    ResponderExcluir
  3. Olá, a paz de Deus com todos! Sou membro da CCB, heterossexual, não tenho intenção alguma de sair de lá pois foi ali que Deus por Sua infinita misericórdia me chamou, através de sinais pessoais, me presenteou com dons maravilhosos que só espero poder granjear. E digo, de alma... Nunca entendi o preconceito contra as minorias de qualquer tipo. Tenho uma filha homossexual que não precisou ela se aceitar para eu saber. Amo-a profundamente desde q atrasou minha menstruação. Está nos meu pés agora na cama. Deixou a igreja por conta disso. Mas a Graça de Deus habita em seu coração. Agradeço a Deus q eu seja sua mãe e não alguém preconceituoso que judiaria do coraçãozinho dela. Independente de ser mãe de uma (ou quem sabe até duas, pois minha caçula mostra mesmos sinais aos 8 anos, até mais explícita de sua orientação sexual) sempre vi a homossexualidade como natural. Sinceramente não entendo esse mimimi todo. Deus abençoe muito a todos vocês, q dê Sua boa Guia e q não se desviem de seus princípios! Um grande beijo, saúdo a todos com a Santa Paz de Deus!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Irmã Regina apdD!

      Obrigado pela sua participação. Foi de extrema relevância sua contribuição. Espero que mais pais tenham o mesmo entendimento que Deus deu à irmã.

      Deus abençoe.

      Brandon.

      Excluir
    2. Boa noite, eu sou Testemunhado da graça á alguns meses, meu padrinho é musico e minha madrinha recebe as irmãs na porta ! eu ia congregar quando era criança e na adolescência eu acabei não indo mais para a igreja, muitas coisas aconteceram em minha vida e agora com 24 anos eu achei o caminho de Deus novamente, como diz o Hino "sempre senti meu coração dependente de ti" !! Eu sou gay e me sinto muito culpado por ter desejos por outros meninos, me sinto infiel e sem comunhão ! Eu comecei a passar em uma psicologa recentemente que me deu a ideia de pesquisar sobre o homossexualismo na CCB, parece simples mas eu jamais esperava encontrar algo sobre esse tema, Fico feliz de saber que existem muitos como eu, tenho passado por grande prova, inclusive já pensei em tentar contra minha própria vida,mais por misericórdia e piedade de Deus ele tem me sustentado e feito promessas lindas em minha vida! eu sinto que ele me ama e trabalha na minha vida, mais eu gostaria de conhecer outros meninos que passam por isso, para poder conversar e me sentir mais confortável e acolhido, agradeço os irmãos e irmãs e saudo todos com a paz de Deus !

      Excluir
  4. Boa noite, eu sou Testemunhado da graça á alguns meses, meu padrinho é musico e minha madrinha fica na porta para receber as irmãs, desde pequeno eu ia congregar, depois que cresci não fui mais, agora depois de mais velho eu encontrei novamente os caminhos de Deus, sou gay, sinto atração por meninos e estou sofrendo muito, me sinto culpado e infiel, estou passando em uma psicologa devido a problemas de Ansiedade e ela me recomendou a fazer pesquisas sobre o que a CCB pensava sobre a Homossexualidade pois estou sofrendo bastante com isso ! já pensei em ir contra a minha própria vida, mais Deus por Misericórdia me guarda e tem revelado promessas em minha vida, gostaria de conhecer pessoas que passam por isso, para trocar experiências e poder conversar sem me sentir julgado ! Acho que preciso de um Amigo que possa conversar sobre isso ! penso em estudar música na igreja, pois já faço aulas de piano e quero aprender tocar flauta para ajudar na Obra do Senhor ! Porém preciso de forças e de sabedoria para poder organizar meus sentimentos e meu psicológico novamente. Agradeço o espaço, A paz de Deus.

    ResponderExcluir
  5. Você é membro da CCB? Não se sente acusado de estar lá dentro? Eu estou meses sem congregar... Gosto daquela igreja... Mas como estar em um lugar que não me aceita.

    ResponderExcluir
  6. Boa noite a todos!Também sou membro da ccb,tenho 23 anos,musico,batizado,tenho desejos por mulheres e homens,desde os 14 anos,no meu caso sou bissexual,o que eu acho que é pior ainda pois não sei o que fazer,antes pensava que era coisa do diabo,mas com o tempo as coisas foram clareando,tenho vontade de de ser assumir,mas tenho medo,pois minha familia é ccb,e muitos não entenderão os meus sentimentos,não sei o que fazer,a cada dia que passa eu sinto mais sufocado,já tive experiencia sexual nas escondidas e sinto muita culpa por isso,no momento estou solteio e tenho medo de namorar uma irma e casar e os desejos continuarem,acredito que para os bissexuais é mais dificil,não sei o que fazer!!!

    ResponderExcluir

Deixe aqui seu comentário